Conhecendo os editores de texto

19 03 2010

O técnico.

Pessoal, como vocês já devem saber, o Datilógrafos é um brogui, blógui, bloggue, blog que reúne um conjunto de administradores super treinados em sua primeira experiência com um computador.

Claro que as informações não vão cair do céu. É por isso que teremos a ajuda do nosso querido Google Técnico. Ele será nosso ajudante, mestre, guru, norte, confidente e àrbitro de nossas partidas de futebol nas horas vagas. É claro que está mais do que preparado para isso, afinal, já teve vinte e cinco artigos publicados, dezenove teses de mestrado submetidas – das quais 18 passaram e uma acabou virando doutorado -, deu palestras em 38 simpósios somente ano passado, venceu 25 concursos de pedra-papel-tesoura, deu aula para mais de 38.000 alunos – incluindo os jovens Bill Gates, Steve Jobs e Linus Torvalds -, e agora resolveu nos ajudar a entender como funcionam os editores de texto do computador. Que alma boa a desse homem!

Pois bem, tendo introduzido nosso amigo a vocês, vamos começar definindo o conceito: o que é um editor de texto?

Eu também!

Muito antes de chegarmos à era dos computadores, existiam editores de texto rudimentares. Não vamos nos ater muito a essas tranqueiras relíquias, mas podemos citar nossa saudosa máquina de escrever, também chamada máquina datilográfica – a mesma da qual deriva o nome deste nosso espaço.

No momento, dispomos de poderosas ferramentas de edição e editoração de texto, sendo a mais conhecida delas o Word, da famigerada Micro$oft, confundido por muitos com Office – este, na verdade, é o pacote da Microsoft que contém também o Excel, o Power Point, o Acces e etc. No entanto, outro recurso muito utilizado nos computadores pessoais é o Notepad ou Bloco de Notas, também da Microsoft e que acompanham o Windows.

Os editores de texto estão aqui para nos ajudar a desenvolver de maneira rápida, intuitiva e – por muitas vezes – descontraída a escrever livros, redigir textos, elaborar fórmulas matemáticas e programar o computador, dentre outras funções.

O Técnico certa vez me disse que essas funções são características típicas de um editor de texto:

Pesquisa e substituição: Seqüência de pesquisa com uma seqüência de substituição. Diferentes métodos são empregados, Global(ly) Pesquisar e Substituição, Condicional Pesquisa e Substituição, Incondicional Pesquisa e Substituição.

Copiar e Colar: você está fazendo isso errado!

Cortar, copiar e colar: A maioria dos editores de texto fornecem métodos para copiar e mover texto dentro do arquivo, ou entre os arquivos.

Formatação de Texto: Editores de texto frequentemente fornece recursos básicos de formatação, como quebra de linha, auto-indentação, a formatação de ponto lista, formatação de comentário e assim por diante.

Desfazer e refazer: Editores de texto irão fornecer uma maneira de desfazer e refazer a última edição. Muitas vezes, especialmente com os editores de texto mais velhos, só há um nível de editar a história lembrada e sucessivamente, emite o comando de desfazer só “alternar” a última alteração. Modernos editores ou mais complexos fornecem geralmente uma história de múltiplos níveis tais que permite o comando de desfazer repetidamente irá reverter o documento para as edições sucessivamente mais velhas. Um comando separado de refazer o ciclo de edições “frente” para as mudanças mais recentes. O número de alterações lembrado depende do editor e muitas vezes é configurado pelo usuário.

Importação: Ler ou fusão do conteúdo de outro arquivo de texto para o arquivo atualmente sendo editado.

Filtragem: Alguns editores de texto avançados permitem-lhe enviar todas ou partes do arquivo que está sendo editado para outro utilitário e ler o resultado de volta para o arquivo no lugar das linhas “filtradas”. Esta por exemplo é útil, para classificar uma série de linhas em ordem alfabética ou numericamente, fazer cálculos matemáticos, e assim por diante.

Pois bem, por enquanto vou ali jogar dominó com os compadres estudar mais pra depois compartilhar com vocês.

Autor: Philip Melo


Ações

Information

One response

20 03 2010
Leonardo Lacerda

Muito bom esse post, principalmente pra quem sabe os nomes mas não tem noção do que significa isso no word e no bloco de notas.
Tenho em mente que provavelmente esse será o blog de maior sucesso, e por consequência o que será o melhor da turma.
Gostaria de dar uma dica a vocês, queridos e amigos datilógrafos! – Porém perguntem mais para o técnico, pois falarei aqui apenas alguma coisa que sei sobre esse programa que também é um editor de texto, e que um dia me salvou quando necessitei dele.
Trata-se de um editor de pdf(gostaria que perguntassem do técnico o que é esse tipo de arquivo, e repassem para nós). O nome? – Expert PDF Pro.
“Expert PDF Pro é um programa gratuito (isso mesmo, mesmo sendo “Pro”, esta é uma versão completamente gratuita) para a criação e edição de arquivos no formato PDF. Além disso ele funciona também como leitor deste formato de arquivo, unindo diversas ferramentas em um único lugar.”

A fonte do que está entre as aspas: http://www.baixaki.com.br/download/expert-pdf-pro.htm
No link existe a opção de download (????) para quem desejar fazê-lo.

Grande abraço amigos, e bem-vindos ao mundo digital!

Leonardo Lacerda Costa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: